Sebrae realiza mutirão para conhecer desafios dos empreendedores

Ação será realizada em seis municípios para celebrar o Dia da Micro e Pequena Empresa

O Sebrae promove nesta quinta-feira, 3, um mutirão para conhecer um pouco mais as dificuldades enfrentadas pelos empresários e celebrar o Dia da Micro e Pequena Empresa (instituído em 5 de outubro de 1999).

A ação irá levar os colaboradores da instituição às ruas em todo país para visitar diversos empreendedores de pequenos negócios. Em Sergipe serão 88 equipes, que terão a função de visitar estabelecimentos localizados em Aracaju, Estância, Itabaiana, Lagarto, Propriá e Nossa Senhora da Glória. Na capital a iniciativa será promovida no centro da cidade e no bairro Siqueira Campos.

Durante todo o dia 3, data definida como grande marco para as comemorações em todo país, os colaboradores do Sebrae vão atender o público com orientações empresariais, além de realizar um mapeamento dos principais desafios que cada empresário enfrenta e quais as soluções mais indicadas para resolver cada diferente situação.

O mutirão tem como objetivo gerar proximidade com o empresariado local e estabelecer um relacionamento com proposição de oportunidades que promovam melhorias e fortalecimento dos pequenos negócios locais.

Hotsite

Além disso, será disponibilizado um hotsite, o www.sebrae.com.br/valorizeopequenonegocio, onde todo o público interessado poderá acessar palestras e conteúdos relacionados a inovação e empreendedorismo.

No Brasil, os pequenos negócios representam 99% do total de empresas privadas, ou seja, 14 milhões de empreendimentos. Esses negócios empregam 55% do total de trabalhadores com carteira assinada e são responsáveis por 27% do PIB.

Estamos valorizando o empresário e reconhecendo que ele é fundamental para o desenvolvimento do Brasil. Acreditamos que o empreendedor é a força que move este país. Uma prova é a geração de empregos pelos pequenos negócios. Todos os meses, são essas empresas que despontam como principais geradoras de ocupação e renda”, enfatiza o diretor técnico do Sebrae, Emanoel Sobral.

Para se ter uma ideia da importância dos pequenos negócios para a criação de empregos no estado, nos oito primeiros meses do ano eles foram responsáveis pela abertura de 1978 vagas. Já nas médias e grandes empresas foi registrado o fechamento de 6.422 empregos com carteira assinada.