Sebrae apresenta projeto para o Sul e Centro Sul sergipano

Proposta busca criar um ambiente favorável aos pequenos negócios nas regiões

O Sebrae apresentou aos prefeitos e gestores públicos das regiões Sul e Centro Sul sergipana um projeto para estimular o desenvolvimento sustentável desses locais e servir como suporte na implementação de políticas públicas que garantam a melhoria de seus indicadores sociais e econômicos.

A proposta, conhecida como Liderança para o Desenvolvimento Regional (Líder), tem como foco estimular a criação de um ambiente favorável à atuação dos pequenos negócios, contribuindo assim para o surgimento de novos empreendedores e fortalecimento daqueles que já atuam nessas regiões. Dessa forma, busca-se movimentar diferentes setores da economia local, aumentando a circulação de recursos e estimulando a geração de novos empregos.

A ação será realizada em nove municípios do Sul sergipano (Pedrinhas, Santa Luzia do Itanhy, Tomar do Geru, Arauá, Cristinápolis, Estância, Indiaroba e Itabaianinha e Umbaúba) e outros oito da região Centro Sul (Boquim, Itaporanga, Lagarto, Poço Verde, Riachão, Salgado, Simão Dias, Tobias Barreto).

O projeto foi criado pelo Sistema Sebrae em 2008 e consiste em uma metodologia de mobilização, qualificação e integração de lideranças com a meta de criar uma agenda local de desenvolvimento. A ideia aqui é trabalhar as três dimensões da competitividade: a Sistêmica (gestores públicos e prefeitos), a Empresarial (empresários locais e suas entidades representativas de classe) e a estruturante (esforço conjunto da sociedade organizada).

Em cada uma das regiões são escolhidos quarenta representantes do poder público municipal, empresários e de entidades do terceiro setor (cinco por cidade) para debater os problemas e suas possíveis soluções, sempre levando em conta as particularidades e potencialidades desses locais. Ao final de oito encontros mensais são escolhidas as ações consideradas prioritárias, que passarão a compor um plano de desenvolvimento sustentável dos municípios.

“ A ideia é identificar de forma conjunta os principais obstáculos que estão impedindo o crescimento dessas regiões e propor as soluções mais adequadas para eles, O planejamento é focado no longo prazo, com propostas que podem servir como base para a criação de políticas públicas direcionadas a cada questão apontada no plano”, explica a gerente da Unidade de Ambiente de Negócios do Sebrae, Marianita Mendonça.

Sucesso

Em todo o Brasil 19 estados já foram beneficiados com o Líder, abrangendo 550 municípios. Em Sergipe a experiência foi desenvolvida pela primeira vez em novembro de 2017 no Alto Sertão, beneficiando nove cidades.

A partir da análise de potencialidades e oportunidades e dos reconhecidos desafios do território, o grupo Líder determinou como prioritários quatro eixos temáticos: a agropecuária, educação, energia limpa e o turismo. Para cada um desses eixos foram definidos opções estratégicas, objetivos prioritários, metas, indicadores e as iniciativas prioritárias detalhadas em: o que fazer, como fazer, quem fazer e quando fazer.

Considerando que o desenvolvimento não ocorre em função de medidas que se apliquem apenas no curto prazo, o grupo de Líderes estabeleceu como espaço temporal necessário ao alcance de um novo estágio o ano de 2030 como horizonte de tempo.

O lançamento oficial do projeto no Sul e Centro Sul deverá ser realizado no final do mês de julho. Entre os prefeitos da região a proposta é aguardada com ansiedade.

“ Esse é um apoio de extrema importância para ajudar a modificar o cenário dos pequenos municípios. A ideia é positiva e contará com todo o nosso apoio. Iremos identificar as nossas melhores lideranças e vamos estar empenhados na busca de soluções para os problemas ”, ressalta o prefeito de Itaporanga D´ Ajuda, Otávio Sobral.

“ A proposta é muito interessante porque traz novos atores para discutir os problemas de cada região e identificar as soluções mais viáveis. Essa soma de esforços é essencial para garantirmos um futuro melhor às próximas gerações”, destaca o prefeito de Indiaroba, Adinaldo Nascimento.