Morre o diretor técnico do Sebrae Sergipe, Emanoel Sobral

Diretor Técnico atuou por mais de vinte anos na instituição e trabalhou significativamente para o desenvolvimento do empreendedorismo no estado.

Faleceu nesta terça-feira, 30, o diretor técnico do Sebrae em Sergipe, Emanoel Sobral. Ele estava internado desde o início do mês no Hospital Primavera por conta de complicações causadas pela Covid-19.

Emanoel foi dirigente do Sebrae por mais de vinte anos, ocupando a Diretoria Técnica por quatro oportunidades, além de também já ter comandado a superintendência do órgão no biênio 2009/2010 e no quadriênio 2015/2020. Ao longo de sua trajetória, ele teve uma importante atuação na defesa dos pequenos negócios sergipanos e na criação de projetos que beneficiaram as micro e pequenas empresas.

O diretor foi o idealizador da Feira de Sergipe, considerado o maior evento para promoção do artesanato local, e um dos principais responsáveis pelo trabalho de implementação da Lei Geral da Micro e Pequenas Empresas nos municípios sergipanos.

Por sua forte ligação com o setor agropecuário, Emanoel também ajudou a colocar em prática projetos importantes como o Palmas para Sergipe e Sertão Empreendedor, facilitando o acesso dos pequenos produtores às novas tecnologias.

Antes de ser dirigente do Sebrae, Emanoel foi prefeito do município de Itaporanga D´Ajuda, local onde nasceu, diretor do Serviço de Administração Geral (SAG) da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Turismo, diretor de Coordenação da área de Sinalização e Planejamento de Trânsito do Detran e diretor de Desenvolvimento Industrial e Comercial da Segrase.

A Diretoria Executiva do Sebrae, o Conselho Deliberativo e os colaboradores solidarizam-se com toda a família, ao tempo em que prestam todas as homenagens e agradecimentos pela sua trajetória construída junto à instituição e aos empreendedores sergipanos.

Emanoel tinha 68 anos, era casado com Lícia Sobral e pai de quatro filhos.